DEPENDÊNCIA QUÍMICA


- Serviço de prevenção, recaída e orientação familiar -
Equipe de profissionais da Comunidade Terapêutica Winnicott:
Coordenadora Psicóloga Adrianna Zucchi,
 Psicóloga Maira Noroéfe, 
Psicóloga Michele Tamagno,
Psicóloga Daniela Berger,
Psicóloga Marlei T. Rigo.

O que é Dependência Química?
A dependência de substâncias psicoativas (álcool e drogas)
 é uma síndrome médica, cujo diagnóstico é realizado pela presença
 de uma variedade de sintomas que indicam que o indivíduo consumidor
 apresenta uma série de prejuízos e comprometimentos devido ao seu consumo,
 podendo levar a morte ou seqüelas. 
Também se utiliza o conserto de Transtornos Auditivos em substâncias psicoativas.

Importância do tratamento

As complicações clínicas e sociais causadas pelo consumo
 de substâncias psicoativas (álcool e drogas), são conhecidas e consideradas
 um problema de saúde pública.
 O abuso de substâncias psicoativas (álcool e drogas) causa dificuldades no trabalho,
 escola, alterações de comportamento (agressividade),
 violência (trânsito, locais públicos, família), irritabilidade,
 baixa tolerância podendo causar doenças clínicas e psíquicas,
 por isso é fundamental uma rede multidisciplinar de ajuda e tratamento.

Prevenção

A prevenção consiste na utilização de métodos e técnicas para evitar
 que recaída e/ou lapsos aconteçam. 
A prevenção é responsabilidade dos pais, da família , da escola,
 da mídia, das pessoas públicas, dos políticos, da sociedade em geral
 e dos profissionais capacitados.

Programa de atendimento

Avaliação inicial para identificar através de critérios pré-estabelecidos, 
se o paciente necessita de internação ou tem condições de iniciar 
atendimento em ambulatório. 
Dentro do programa de ambulatório existe três estágios 
que incluem psicoterapia individual, grupo de prevenção e recaída,
 terapia familiar, grupo multifamiliar, psicodiagnóstico,
 acompanhamento terapêutico, tratamento farmacológico, hospital-dia.

Público Alvo:

Adolescentes e adultos que se encontram em situação
 de abuso ou dependência de uma ou mais substâncias psicoativas (álcool e drogas).